Dicas de leitura - Nosso cérebro

O cérebro humano é extremamente complexo, contendo cerca de 86 bilhões de neurônios, ligados por mais de 10 mil conexões sinápticas cada. Esses neurônios comunicam-se por meio de fibras protoplasmáticas chamadas axônio, que conduzem pulsos em sinais para partes distantes do cérebro e do corpo, e as encaminham para serem recebidas por células específicas. Nosso cérebro é capaz de aprender. Para compreender não é necessário saber ler, porém, há pesquisas que indicam que a leitura provoca mudanças cerebrais. Saiba mais sobre cérebros com nossas Dicas de Leitura de novembro.


O cérebro em transformação - Suzana Herculano Houzel

A neurocientista investiga as transformações químicas que ocorrem nos cérebros dos adolescentes entre os 11 e os 18 anos, desvendando de onde vêm as alterações de humor e comportamento, por motivos muito mais complexos do que alterações hormonais.

O cérebro não falha - Ezras Asratovich e Pavel V. Simonov
A obra expõe o poder de recuperação das células cerebrais e sua maravilhosa capacidade de adaptar-se e modificar-se a fim de satisfazer as necessidades do organismo. As possibilidades compensadoras do sistema nervoso central e, especialmente das suas partes superiores enchem de espanto a imaginação mais rica.

Como a mente funciona - Steven Pinker
Combinando psicologia cognitiva com teoria evolucionista, o professor Steven Pinker investiga como os dois campos de estudo podem se combinar para explicar o surgimento e o funcionamento da mente humana como um mecanismo evolutivo.

Como o cérebro funciona - John McCrone
Memória, consciência, pensamentos, neurônios, anatomia e processos químicos. John McCrone tenta mostrar que enganam-se os que pensam que o cérebro funciona como um supercomputador ou uma repartição megaorganizada. O autor mapeia e estuda cada parte do nosso cérebro para tentar desvenda-lo.

O homem que confundiu sua mulher com um chapéu e outras histórias clínicas - Oliver Sacks
O cientista e neurologista Oliver Sacks compartilha com o leitor leigo certos mundos que de outro modo permaneceriam desconhecidos ou restritos aos especialistas. Nesta obra estamos diante de pacientes que, imersos num mundo de sonhos e deficiências cerebrais, preservam sua imaginação e constroem uma identidade moral própria. Relatos clínicos são intencionalmente transformados em artefatos literários, mostrando que a forma narrativa restitui à abstração da doença uma feição humana, desvelando novas realidades para a investigação científica e problematizando os limites entre o físico e o psíquico.

A invenção da memória - Israel Rosenfield
Esse livro estuda a codificação das informações pelo cérebro, desmistificando a crença de que as memórias humanas são meros reservatórios de momentos passados, e mostra que o registro de informações é um processo criativo que envolve intensa e interessante atividade cerebral.



Consulte o nosso catálogo online para saber em quais bibliotecas estão disponíveis estes e outros livros.

Veja também a lista das bibliotecas pelas regiões de São Paulo.