HISTÓRICO DA BIBLIOTECA

Histórico
A Biblioteca Infantil do Tucuruvi foi inaugurada em 12 de julho de 1981, quando de sua inauguração ocupava um prédio localizado na Av. Guapira, 556, neste mesmo prédio funcionava uma biblioteca destinada ao público adulto, a Biblioteca Pública do Tucuruvi – mais tarde nomeada de Biblioteca Pública Dinah Silveira de Queiroz. A escolha deste local foi efetuada de forma criteriosa, com a participação da imprensa local e com estímulos da população para que a área a ser escolhida pudesse atender ao maior número possível de bairros circunvizinhos. A biblioteca iniciou suas atividades com um acervo de 1.630 exemplares num espaço físico de 125 m2. Realizou uma intensa política de divulgação dos serviços junto à comunidade e, assumiu como meta principal desenvolver o interesse pela leitura, desta forma promoveu palestras, passeios educativos e atividades como a Hora do Conto e O Escritor nas Bibliotecas. As duas bibliotecas mudaram-se em abril de 1992 para o endereço atual, Av. Tucuruvi, 808.

A idéia da criação desta biblioteca surgiu com os moradores do bairro, que formalizaram suas solicitações através de entidades locais. Considerando que o Tucuruvi na época contava com 66 escolas, com aproximadamente 2.000 professores atendendo a 75.000 alunos de Ensino Fundamental e Médio, a solicitação da criação de uma biblioteca pública na região era extremamente fundamentada e um fator decisivo para o atendimento imediato da demanda. Em outubro de 1997 a Biblioteca Infanto-Juvenil do Tucuruvi recebeu a denominação de Biblioteca Infanto-Juvenil Sylvia Orthof, ocasião em que também foi lançada, postumamente, a obra Zé Vagão da Roda Fina e sua mãe Leopoldina desta escritora.

Datas referentes à biblioteca
Criação: Decreto n.º 17.535 de 14 de setembro de 1981
Inauguração: 12 de julho de 1981
Denominação: Decreto n.º 37.127 de 27 de outubro de 1997

logo SMB

Sylvia Orthof