Share

BAIRRO DE ITAQUERA


bairro
O nome Itaquera é de origem tupi e quer dizer "pedra dura". A data de fundação do Bairro ainda é uma incógnita. A primeira referência de que se tem notícia é de 1686, quando o nome aparece em uma Carta de Sesmaria.

No entanto, data de 1820 a primeira referência sobre a povoação de Itaquera, onde existia um simples e precário rancho conhecido como a "Casa Pintada". Ali os viajantes paravam para descansar e reabastecer-se de provisões.

A povoação de Itaquera começa a se desenvolver mesmo a partir da inauguração da estação de trem local, no dia 6 de novembro de 1875, data escolhida pela comunidade como a do aniversário.

O desenvolvimento do distrito foi em grande parte sob a forma clássica de loteamentos e vilas. Em 1837 somente existiam duas fazendas. Após 14 anos as fazendas foram divididas em lotes e foram vendidas, os compradores fizeram casas no local e ergueram uma capela em louvor a Santa Ana, surgindo assim a Vila Santana.

O primeiro "loteamento" ocorrido na região foi no Sitio Caaguassu, que foi dividido em lotes de 10 mil metros cada um, sendo vendido para area de veraneio e chacaras.

Posteriormente a Companhia Pastoril e Agricola vendeu parte da Fazenda Caaguassu para o Sr. Oscar Americano (área do Jardim e do Parque do Carmo). Este fez um loteamento de cunho popular e urbano plenamente planejado (um dos primeiros da Zona Leste de São Paulo) conhecido hoje como Vila Carmosina, e fez loteamentos de cunho rural, na área hoje conhecida como Colonia Japonesa. Assim Itaquera passou a ser povoada, em ritmo acelerado.

O principal rio que banha a área de Itaquera é o Jacu. Hidrograficamente pode-se dizer que a área é bem servida por uma densa rede de rios todos afluentes e sub-afluentes do Tietê. São rios pouco expressivos, sendo os principais eixos: Jacu, Itaquera e Aricanduva.

Em fins do século XIX, o progresso ganhava um incentivo maior em Itaquera, quando parou no bairro a primeira "Maria-Fumaça" da antiga Estrada de Ferro do Norte. O desenvolvimento chegou ao bairro através dos trilhos ferroviários.

O progresso foi chegando de forma desordenada e na esteira da industrialização paulista, o povoado tranqüilo de Caaguassu se transformou na grande Itaquera de hoje.

O bairro de Itaquera possui três bibliotecas municipais, a Biblioteca Sérgio Buarque de Holanda, a Biblioteca Vinícius de Morais e a Biblioteca Vicente de Carvalho.


logo SMB

Sergio B de Holanda