Share

BIOGRAFIA DO PATRONO ROBERTO SANTOS

patronoRoberto Santos nasceu em 15 de abril de 1928 em São Paulo. Foi diretor, roteirista e produtor de cinema.

Em 1950, cursou o Seminário de Cinema e em 1952 participou do II Congresso do Cinema Nacional. Trabalhou nos estúdios da Multifilmes e Vera Cruz como continuista e assistente de direção e estreou seu primeiro filme O grande momento em 1957.

Lecionou cinema e roteiro na Escola Superior de São Luís e na Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo.

Em 1966, com a eclosão do Cinema Novo, Roberto Santos adaptou o conto A Hora e a Vez de Augusto Matraga do livro Sagarana, de João Guimarães Rosa, o qual tornou-se o principal filme de sua carreira, garantindo presença na lista dos mais importantes do cinema brasileiro.

De 1972 a 1987, continuou produzindo e dirigindo filmes, como O Predileto e As Três Mortes de Solano. Também realizou várias séries e programas especiais para a TV Cultura e Rede Globo. Recebeu importantes prêmios, dentre eles o APCA e a Coruja de Ouro, de melhor direção.

Faleceu em 3 de maio de 1987, quando voltava do 15º Festival de Cinema de Gramado onde competiu com o filme Quincas Borba.

Filmografia: O grande momento (1958); A hora e a vez de Augusto Matraga (1965); As cariocas (1966); O homem nu (1968); Carnaval São Paulo (1969); Um anjo mau (1971); Vozes do medo (1971); As três mortes de Solano (1975); Contos eróticos (1977); Os amantes da chuva (1978); Nasce uma mulher (1983); Quincas Borba (1987).



cinema

logo SMB