Share

HISTÓRICO DA BIBLIOTECA

Histórico
A Biblioteca Adelpha Figueiredo foi inaugurada em 18 de março de 1967. O início de suas atividades refletia o quadro político da época, no qual o regime militar atingiu de modo significativo a cultura com a institucionalização da censura. A programação dos eventos promovidos pela biblioteca centrava-se na comemoração de datas cívicas, atividades lúdicas e artísticas.

A partir dos anos 80 o cotidiano das bibliotecas voltou-se para uma preocupação maior com a democratização da leitura e dois projetos nessa área foram implantados: O Escritor nas bibliotecas, aproximando autor e leitor e Um, dois, três... leia comigo outra vez..., promovendo e incentivando a leitura entre crianças e jovens. Nesse período iniciou-se a atividade Hora do Conto, com a qual surgiu a figura do contador de histórias que desenvolveu um trabalho efetivo e mais elaborado de incentivo à leitura.

Em 1990 a biblioteca teve seu acervo renovado e a política de ação cultural determinou que as ações se concentrassem no livro e na leitura, deste modo foram extintas as salas de Artes e Jogos, cedendo lugar à sala de Leitura, que contava com um acervo de literatura infantil e quadrinhos e se tornou uma área de convivência e à sala de Vídeo, que recebeu um aparelho de televisão e um vídeo cassete para a exibição semanal de filmes fornecidos pelo Centro Cultural São Paulo. A denominação desta biblioteca é uma homenagem a Adelpha Figueiredo, uma bibliotecária que muito contribuiu para transformar as bibliotecas públicas em centros de cultura.

Datas referentes à biblioteca
Criação: Lei n.º 3.853 de 18 de março de 1950
Inauguração: 18 de março de 1967
Funcionamento: 1 de junho de 1967
Denominação: Decreto n.º 6.586 de 9 de agosto de 1966

logo SMB

Adelpha1