ACERVOS ESPECIAIS - OBRAS RARAS

A Seção de Obras Raras e especiais da Biblioteca Mário de Andrade foi criada por Rubem Borba de Morais e aberta ao público em 1946. No entanto, a formação desse acervo data dos anos 20. Dentre as principais aquisições de obras raras e especiais, destaca-se a compra, em 1936, da biblioteca de Félix Pacheco, escritor, senador e Ministro das Relações Exteriores, que reuniu a maior coleção privada de obras raras e de Brasiliana do país, em seu tempo.

A coleção de Obras Raras e Especiais conta, atualmente, com cerca de 52 mil volumes de livros, 8.774 volumes de periódicos, publicações oficiais e almanaques e cerca de 3.500 outros documentos, incluindo manuscritos, álbuns de fotografias originais, gravuras, desenhos, cartões-postais e moedas. Destacam-se, dentre outras preciosidades, 500 mapas raros, nove exemplares de incunábulos, várias obras únicas sobre o Brasil das quais se conhecem poucos exemplares no mundo, e as edições originais dos principais viajantes estrangeiros, como Thévet, Léry, Barleus, Debret, Rugendas, Spix e Martius. Mais de 200 livros raros – 116 sobre o Brasil e 95 sobre São Paulo – e 1.000 gravuras desenhadas por estrangeiros que visitaram e descreveram o Brasil entre os séculos XVI e XIX, além de 4.500 fotografias produzidas por diversos fotógrafos, que retratam a São Paulo antiga entre 1862 e 1922, estão digitalizadas e disponíveis para consulta na Internet. A coleção está localizada na Sala Paulo Prado.

Destina-se a pesquisadores e requer agendamento prévio.

Prédio principal - 1º andar
Rua da Consolação, 94
E-mail: atendimentobma@prefeitura.sp.gov.br
Tel. (11) 3775-0012

Atendimento sob agendamento.

logo SMB