Barra de Impressão

CGM - Controladoria Geral do Município


Início - Secretarias - Controladoria Geral / Notícias


07/08/2017 11h32

CGM realiza 2º Workshop de Governo Aberto para servidores municipais

Treinamento teve como temas a participação social e a inovação tecnológica

Imagem do post

Na manhã da última sexta-feira (04/08), a Controladoria Geral do Município de São Paulo realizou o segundo workshop de Governo Aberto para os servidores da Prefeitura, com foco em dois eixos que estruturam o conceito de governo aberto: participação social e inovação tecnológica.

A abertura do evento foi feita pela própria Controladora Geral do Município, Laura Mendes Amando de Barros, que exaltou a estrutura da cidade nos quesitos de transparência ativa. “É muito bom ver o quanto estamos evoluindo nesses temas, aproximando a sociedade do Estado. Hoje somos uma referência nacional.”

O Coordenador de Promoção da Integridade da CGM, Thomaz Anderson Barbosa da Silva falou sobre a participação social, importante instrumento para a elaboração, desenvolvimento e diagnóstico de políticas públicas. Em sua apresentação citou uma analogia desenvolvida por pesquisadores austríacos sobre a implementação das práticas de Governo Aberto em Viena: “Governo aberto é como um parque público sem as grades. A população vai tomar conta dele, como quiser, a hora que quiser, e por não ter grades, a inspiração de confiança, segurança, será muito maior.”

Ainda sobre a participação social, Bruno Shibata, Secretário Adjunto de Gestão, falou sobre o envolvimento da população no Programa de Metas 2017-2020. “Disponibilizamos de forma online a base inicial do projeto com a pergunta: “qual o seu sonho para o futuro da cidade de São Paulo?”. O resultado foi ótimo. A sociedade participou e conseguiu exprimir seus anseios, suas necessidades e vontades.”

De acordo com Shibata, após essa primeira fase do Programa de Metas, o foco foi definir quais projetos deveriam ser priorizados pela Prefeitura de São Paulo. “Foi utilizada a plataforma Planeja Sampa, a qual os munícipes puderam interagir com as metas, e todas as sugestões dadas foram respondidas e estão disponíveis”, afirmou.

O uso criativo da tecnologia vem transformando a dinâmica das cidades, tornando-as mais inteligentes e funcionais. Para Manuella Maia Ribeiro, professora substituta da EACH e coordenadora do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br), a internet traz a possibilidade de maior participação da sociedade. “Flexibiliza a participação! Você pode acessar a qualquer hora, de qualquer lugar, sem necessidade de deslocamento”.

Segundo ela, a tecnologia promove direitos de cidadania, aproxima a população da gestão pública e permite a participação através da interatividade online. Cabe ao Estado incentivar essa atuação, criar ferramentas, engajar. “É imprescindível que o cidadão atuante receba um feedback, mesmo que seja negativo, a falta de respostas faz o interesse da sociedade diminuir, causando prejuízos para todos”, concluiu Manuella.

Após as palestras, os servidores tiveram a oportunidade de debater sobre os temas com os palestrantes e encerraram o workshop em uma oficina prática.

O próximo encontro acontecerá no dia 06/10/2017 e o tema será “Transparência e Integridade”.

 


  • Copyright
  • SAC