27/12/2012 16h57

Share

Novo abrigo de ônibus instalado no Centro marca início da renovação do Mobiliário Urbano

O contrato celebrado com as empresas vencedoras de licitação para renovar o mobiliário urbano prevê a instalação de 6 mil novos abrigos e de 1 mil relógios digitais de rua. O primeiro ponto de ônibus nos novos moldes foi instalado na esquina da Rua Xavier de Toledo com a Praça Ramos de Azevedo.

Imagem do post

Novo abrigo de ônibus

O prefeito Gilberto Kassab vistoriou nesta quinta-feira (27) o primeiro novo abrigo de ônibus instalado na Rua Xavier de Toledo, esquina com a Praça Ramos de Azevedo, na região central. Contrato celebrado com as empresas vencedoras de licitação para renovar o mobiliário urbano prevê a instalação de 6 mil novos abrigos e de 1 mil relógios digitais de rua.

 

Os novos abrigos e relógios ganharão publicidade, conforme autorizado pela Lei Nº 15.465, de 2011, marcando a segunda etapa da Lei Cidade Limpa, que eliminou a poluição visual da cidade de São Paulo.  Em contrapartida, a manutenção dos abrigos e dos relógios será de responsabilidade das concessionárias contratadas,  sem ônus para a administração municipal. “A Lei Cidade Limpa é referência no mundo. Esta segunda fase trará benefícios para São Paulo e a melhor maneira de utilizar a receita gerada pela exploração, de forma discreta, da publicidade no mobiliário urbano, é direcioná-la para a renovação e manutenção destes equipamentos”, explicou Kassab.

 

Os novos abrigos foram inspirados na paisagem urbana de São Paulo e nos paulistanos, seguindo os padrões internacionais e ao mesmo tempo inovadores com relação ao que existe no mercado. Serão quatro modelos diferentes: “Brutalista”, que será instalado em regiões degradadas com o intuito embelezar o espaço, “Hi-tec”, destinado a centros financeiros, “Caos”, estruturado, inovador com design diferenciado, que será o mais comum na cidade, e o “Minimalista” projetado para não contrastar com a paisagem urbana do local, projetados pelo arquiteto Guto Índio da Costa.

 

A Concessionária PRA SP, formada pelas empresas Odebrecht Transport, Rádio e Televisão Bandeirantes, Kalítera Engenharia e APMR, ficou responsável pela colocação de 6 mil novos abrigos de ônibus, além de mais de 12.500 totens indicativos de parada de ônibus na cidade. Ela irá iniciar os serviços de manutenção dos abrigos existentes a partir de janeiro e substituirá todos eles em até 48 meses, contados da assinatura do contrato. Os futuros locais que receberão os próximos abrigos e totens indicativos de parada ainda serão definidos pela SPTrans.

 

Os relógios digitais ganharam designs dos arquitetos Ruy Ohtake e Carlos Bratke e serão substituídos pela concessionária A Hora de São Paulo, composta pelas empresas JCDecaux Ameriques, JCDecaux do Brasil e Publicrono. Serão mil novos relógios digitais com mostrador em LED. Nesta semana, estão sendo retirados os antigos relógios instalados, entre outros pontos da cidade, nas Avenidas Hélio Pellegrino, Brigadeiro Faria Lima, Santo Amaro e Gastão Vidigal.

 

FOTOS
Os arquivos ficarão disponíveis para download durante 1 mês. O crédito da foto deve ser João Luiz/Secom

 

Foto 1 - Kassab com a presidente da nova concessionária, Violeta Noya

 

Foto 2 - Abrigo modelo “Minimalista com Ginga” foi instalado hoje na Rua Xavier de Toledo

 

Foto 3 - Os 6.500 abrigos já existentes serão substituídos e a cidade ganhará outros 1.000 novos

 

Foto 4 - Modelo em vidro evita contraste com a paisagem urbana do local

 

Foto 5 - Munícipes aprovam o novo modelo

 

Foto 6 - Modelos dos abrigos foram projetados pelo designer Guto Índio da Costa

 

Foto 7 - Locais para a instalação dos abrigos serão definidos pela SPTrans

 

VÍDEO

Arquivo de vídeo (em formato .wmv) deste evento