19/12/2013 15h25

Share

Prefeitura inaugura quatro novas unidades da Rede Hora Certa

Unidades do M’Boi Mirim I e II, Penha e Itaim Paulista inauguradas nesta quinta-feira (19) faziam juntas 15,6 mil consultas por mês como AMAs Especialidades e passarão a realizar mais de 23,5 mil com Rede Hora Certa. Centros passarão a fazer cirurgias - 300 por mês cada

A Prefeitura de São Paulo inaugurou nesta quinta-feira (19) quatro novas unidades fixas da Rede Hora Certa, no Itaim Paulista e na Penha, na Zona Leste, e outras duas na região do M’Boi Mirim, na Zona Sul. As unidades, que realizavam juntas 15,6 mil consultas por mês como Assistência Médica Ambulatorial (AMA) Especialidades passarão a fazer, em média, 23,5 mil com a ampliação dos serviços. Os equipamentos públicos, que não realizavam cirurgias, terão capacidade para fazer 300 procedimentos mensais cada um, somando 1,2 mil intervenções.

Todas as novas unidades ganharam mais especialidades do que ofereciam. A Hora Certa M’Boi Mirim I, por exemplo, que atendia 13 especialidades vai passar a atender 16, e a M’Boi Mirim II, que atendia a quatro, agora contará com seis. A unidade da Penha atendia 21 especialidades e atenderá outras quatro. Já a Hora Certa Itaim Paulista vai mais do que dobrar sua capacidade - de seis especialidades para 14. As unidades começarão a atender as especialidades novas gradativamente até fevereiro.

Duas das novas unidades terão ainda aumento no número de exames que realizarão. A Hora Certa Itaim Paulista passará de sete para 10 procedimentos. A unidade da Penha sobe de 15 para 23 exames, enquanto as unidades do M’Boi Mirim I e II manterão o número de exames que sempre realizavam.

A primeira unidade fixa da Rede Hora Certa foi inaugurada no último dia 11, na região da Freguesia do Ó/Brasilândia, que passa de seis especialidades para 15, sendo que dez já estão em pleno atendimento. O equipamento também oferece 11 diferentes exames, terá capacidade para 9 mil atendimentos por mês e 300 cirurgias.

“A nossa proposta de campanha foi transformar os ambulatórios de especialidade em Rede Hora Certa. No que isso implica? No aumento do número de especialidades e na criação de ambulatórios cirúrgicos. Com as mais de 30 unidades da Rede Hora Certa instaladas, nós faremos 100 mil cirurgias a mais por ano. Não há fila que vá resistir a este investimento”, afirmou o prefeito Fernando Haddad, durante inauguração da Hora Certa Freguesia do Ó/Brasilândia.

O Programa de Metas 2013-2016 prevê a implantação de 32 unidades da Rede Hora Certa até o fim da atual gestão. Na próxima semana, será inaugurada a Hora Certa Lapa, na Zona Oeste.

“A Rede Hora Certa trouxe um novo modelo de atenção à Saúde na cidade, o conceito de integralidade. Nas unidades Hora Certa os usuários poderão passar por consultas com especialistas, realizar exames solicitados por esses especialistas e, se necessário, uma eventual cirurgia, tudo em uma mesma unidade. Será uma unidade mais resolutiva”, explicou o secretário municipal de Saúde, José de Filippi Junior.