Barra de Impressão

Secretaria Especial de Comunicação


Início - Secretarias - Comunicacao / Notícias OLD


18/12/2013 14h11

Cidade receberá R$ 40 milhões para investimentos em centrais de triagem

Coleta seletiva será ampliada em parceria com os catadores. Gestão dos equipamentos será organizada junto às cooperativas de reciclagem

Imagem do post

Fábio Arantes/SECOM

O prefeito Fernando Haddad anunciou nesta quarta-feira (18) que a cidade receberá R$ 40 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para investimentos em centrais de triagem mais modernas. Em 2014 serão inauguradas as duas primeiras centrais mecanizadas. A gestão dos equipamentos será organizada em diálogo com as cooperativas de reciclagem e os catadores. Meta é atingir 10% de reciclagem até 2016.

O anúncio ocorreu na abertura da Expocatadores 2013, evento que reunirá mais de 3 mil catadores até 20 de dezembro no Parque Anhembi, na zona norte. “Sem o apoio de vocês nós não poderíamos avançar na política de resíduos sólidos. Nós temos aqui cerca de 20 cooperativas instaladas na cidade. E amanhã o nosso banco de investimento fará um anúncio de investimento a fundo perdido de R$ 40 milhões para oferecer melhores condições de trabalho para os catadores”, afirmou Haddad.

A linha de crédito de R$ 40 milhões concedida pelo BNDES será utilizada para melhorar a estrutura das 22 centrais de triagem já existentes. O investimento prevê a reforma, adequações, modernização e equipagem das 11 centrais de triagem existentes instaladas em galpões próprios. Além disso, 11 centrais de triagem instaladas em galpões alugados serão modernizadas e equipadas.

Além da melhor infraestrutura para o trabalho de reciclagem, os catadores receberão suporte continuado à gestão administrativa, assessoria jurídica e contábil para otimização da produtividade, qualificação operacional, suporte à captação de recursos públicos e à gestão de recursos captados.

Mecanização
A duas centrais mecanizadas são capazes de processar 250 toneladas diárias cada. As duas primeiras, localizadas nas regiões de Ponte Pequena e Santo Amaro, ficarão prontas em 2014. Está prevista a abertura de outras duas unidades até o fim de 2016. A administração das novas centrais será feita em parceria com as cooperativas de reciclagem. “A mecanização não é para substituir os catadores, mas é para aumentar a renda das pessoas que estão envolvidas neste processo. Nós vamos nos reunir com os catadores em janeiro para discutir a gestão das centrais e a decisão vai ser coletiva. ”, disse o prefeito.

Expocatadores
A Expocatadores é um evento anual promovido pelo Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR) e pela Associação Nacional de Carroceiros e Catadores de Materiais Recicláveis. Em sua quarta edição, recebe catadores de 26 estados brasileiros e mais de 14 países da América Latina e Caribe, Ásia, África e Europa. O evento reúne especialistas em gestão de resíduos sólidos do Brasil e da América Latina com a tarefa de valorização profissional dos catadores de materiais recicláveis e de fortalecimento de sua ação na cadeia produtiva de recicláveis de forma sustentável e inclusiva. Outro objetivo do evento é despertar novos negócios para cooperativas e redes de catadores, além de apresentar novas tecnologias do setor de reciclagem.

Fotos

Créditos: Fábio Arantes/Secom

Foto 1 - Prefeito anuncia investimentos nas centrais de reciclagem

Foto 2 - Haddad fala sobre gestão da reciclagem em parceria com catadores

Foto 3 - Catadora testa carro motorizado para coleta seletiva

Foto 4 - Prefeito é recepcionado por Eduardo Paulo, do Movimento Nacional dos Catadores de Material Recicláveis

 

 


 


  • Copyright
  • SAC