14/02/2007 11h18

Share

Em Parelheiros, avícolas são fechadas por falta de higiene

No total cinco avícolas foram vistoriadas na região - três não correspondiam às exigências e foram fechadas. A ação foi comandada pela subprefeitura em conjunto com a Vigilância Sanitária e teve o apoio da Guarda Civil Metropolitana.

Imagem do post

As avículas foram fechadas nos jardins Herplin e Amália

A Subprefeitura de Parelheiros interditou na segunda-feira (12/02) duas avícolas, nos bairros Jardim Herplin e Jardim Amália. Ambas não apresentavam condições de higiene para funcionar, de acordo com a Vigilância Sanitária. Além disso, nenhuma tinha alvará de funcionamento – uma delas estava localizada ainda em área pública.

No total cinco avícolas foram vistoriadas. A ação foi comandada pela subprefeitura em conjunto com a Vigilância Sanitária e teve o apoio da Guarda Civil Metropolitana. Nove pessoas participaram da operação.

Uma avícola foi fechada com base no artigo 208 da Lei nº 13.885/04, que prevê a interdição do local que não tenha documento de licença de funcionamento. A outra foi interditada com base no Decreto nº 15.086/78, por invasão de área municipal, e será removida do local.

Além dessas duas avícolas, uma terceira foi fechada – mas não lacrada – por não apresentar condições adequadas de higiene para funcionamento. O estabelecimento, que já havia sido advertido pela Vigilância Sanitária, foi punido também com uma multa no valor de R$ 1.026,00 por desacato à decisão e tem 10 dias para se regularizar.

Os estabelecimentos que desrespeitarem a interdição serão alvo de inquérito policial, e medidas judiciais serão tomadas pela subprefeitura para o fechamento definitivo deles.